| Login | Crie o seu Jornal Online FREE!

Evangelho de Cristo
Desde: 24/10/2016      Publicadas: 5      Atualização: 05/11/2016

Capa |  Missões  |  Santidade


 Santidade
  24/10/2016
  0 comentário(s)


Como ser um louco por Jesus?
Muitas das vezes abrimos o perfil de alguém no facebook e tem lá uma imagem dizendo que ele é louco por Jesus. E além disso, na hora do louvor pulamos, dançamos e gritamos que somos loucos por Jesus! Mas ser louco por Jesus é isso mesmo?
Como ser um louco por Jesus?
Todos nós já passamos por algum momento de loucura em nossas vidas, de modo que nossas ações fossem impulsionadas a cumpri-la a qualquer custo, não é mesmo? Por exemplo, existem muitas pessoas que adoram assistir algum tipo de programa de televisão, filme e até mesmo seriados, e não os perdem por nada. Ou talvez aquele time de futebol que muitos torcedores fazem de tudo para não perder sequer uma partida.

Infelizmente, muitos têm cometido ou já fizeram loucuras por este mundo à fora, em uma determinada época de suas vidas, mas quando se trata de fazer algo pra Jesus, por menor esforço que seja, as coisas costumam ser bem diferentes. Ás vezes, deixamos de ir ao culto, deixamos ser abatidos pelo desânimo e nos colocamos a falta de disposição em obedecer às escrituras sagradas. Por outro lado, enquanto estávamos lá fora fazendo as coisas erradas, jamais deixamos de fazê-las por conta do desanimo, tristeza, ou outros fatores da vida. Sempre nos encontrávamos como loucos pelo pecado, e assim persistíamos sem esforço algum.

Mas, agora fazemos parte de uma nova família, a de Cristo. E sendo ele o cabeça desse grupo, é impossível agradá-lo se não houver em cada um de nós a essência do primeiro amor, que é dada por Deus para aqueles que o procuram. Pois, ela nos impulsiona a cumprirmos os seus mandamentos, além de fazer com que desviemos a nossa atenção das coisas que nos afastam de sua presença e que impede a nossa santificação. Quanto mais pertinhos nos encontrarmos dele, menos o nosso foco estará nas coisas naturais e passageiras, e mais estaremos fissurados a alcançar o reino dos céus e as almas perdidas que estão a caminho do inferno. Portanto, irmãos e irmãs, voltemos ao primeiro amor!!

Infelizmente, o que se vê nesse modernismo são pessoas indispostas a deixarem suas carnalidades e fraquezas espirituais, onde muitos dos quais, vivem com um pé no mundo e o outro na igreja, não preocupando em ter uma vida exclusiva somente para Deus. E esse corrompimento as impedem em se tornar um "Louco por Jesus". Em (Mateus 6:21) diz o seguinte: "Onde estiver o teu tesouro, aí também estará o teu coração". Será que o teu pensamento não tem se voltado somente para o que este mundo é capaz de te oferecer? Ou você tem se preocupado mais em alcançar vidas sedentas que estão sofrendo pela escravidão do pecado, e em fugir dos prazeres que não são provenientes à Deus?

Devemos estar cientes de que é necessário odiarmos o pecado e largá-lo para o passado, deixando assim a nossa dependência para nos tornarmos independentes, assim como ocorre com um usuário de drogas ou alguém que fuma ou bebe, e este então toma a decisão de deixar o seu vício, para ser liberto e não praticar mais, prazerosamente, o pecado. Ou seja, não nos entregaremos aos desejos da carne como fazíamos antigamente, pois a nossa satisfação hoje passa, na verdade, a fazermos não mais a nossa vontade, mas aquilo que Deus espera de cada um de nós. E, neste momento, podemos até desanimarmos assim como ocorreu com aquele rico que foi de encontro com Jesus perguntando o que lhe faltava para ser salvo, pois já havia guardado todos os mandamentos desde sua mocidade, e Cristo então respondeu que ele necessitava dar tudo o que tinha aos pobres, e nisto ele se entristeceu e não obedeceu, pois seu coração não estava totalmente inclinado para as coisas de Deus, mas sim em seus bens materiais. (Leia Mateus 19:16-23)

Quem sabe você possa estar fazendo tudo direitinho, seguindo seus mandamentos, indo à igreja em todas as oportunidades, participando dos momentos de oração. Enfim, mas será que você não tem colocado uma pequena coisa para tomar à frente de sua vida, que não seja de Deus? Ou em outras palavras, Deus têm estado em seus primeiros planos ou você o colocou como um reserva em uma determinada área de sua vida? Seja qual for a sua resposta, quero enfatizar de que ele está no controle de todas as coisas e quer trabalhar a seu favor, basta tão somente colocar em suas mãos todas estas coisas. Já que ele mesmo sabe o que é melhor para cada um de nós e por isso ele deseja, neste momento, que você o permita a tomar o controle de tudo. Isso porque seus caminhos são sábios, mas a do homem é imperfeito.

Além disso, devemos preservar em nós o temor a Deus, ou seja, medo de pecar, de não fazer o que é errado aos seus olhos, pois ele está ali caminhando conosco a cada passo que damos. Devemos sempre ter em mente que ele nos observa, independentemente de onde quer que estejamos, sempre reagindo de alguma forma em relação ao que fazemos ou que deixamos de fazer. E por isso, imagine você no lugar de Deus e vê então um filho seu tomando escolhas erradas, como reagiria a isso? Provavelmente seria um sentimento bem desconfortante, não é mesmo? - Assim sendo, nossas ações devem ser refletidas com base naquilo que ele espera de cada um de nós, ou em outras palavras, coloque-se na situação em que você se encontra neste exato momento e pergunte-se a si mesmo: "Em meus passos o que faria Jesus?".

É notável que o nosso progresso espiritual tende a retroceder ou perder suas forças no instante em que deixamos de fazer as coisas para Deus, visando apenas no conforto do evangelho. Mas, será que é esse o problema central de muitos crentes em não levar as boas novas ou será a falta de sua concepção quanto a gravidade em que o mundo se encontra? E o que temos feito em favor das almas que estão lá perdidas no mundo? - Pois, como é possível não darmos continuidade à um trabalho que oferece a salvação eterna e que as livra da ira futura de Deus?

  Autor:   Raphael Henrique





Capa |  Missões  |  Santidade
Busca em

  
5 Notícias